FONE: (54) 3045-2000

« Voltar
OSTEOARTROSE DO JOELHO

Sinonímia para a doença:

 

Osteoartrose 

Osteoartrite
Artrose
Artrite
Artrite degenerativa
Artrite senil

 

Doença que tem relação estreita com a idade Sua maior incidência é registrada acima dos 60 anos Em função do aumento da expectativa de vida, vem recebendo mais atenção

 

Fatores de Risco:

* Idade
* Obesidade
* Traumatismos
* Doençãs sistêmicas (AR)
* Pré-disposição genética
* Menopausa


Incidência por Década:
É a doença mais freqüênte do joelho Pode ocorrer em idades mais jovens com etiologia específica

 

História Natural da Doença:

Acontecimento mecânico:

Sobrecarga
Fadiga
Fragmentação colágena
Exemplos:
Meniscectomia
Fratura
Lesão ligamentar


A osteoartrose do joelho é muito limitante: o joelho é uma grande articulação de carga.

 

Instabilidades = Lesões Meniscais = Lesões Degenerativas

 

Desalinhamento:

Angular

Varo
Valgo
Rotacional


Sintomas:
Dor articular
Rigidez matinal
Limite de movimentos
Dificuldades para a deambulação

Dificuldades para subir e descer escadas


Classificação da Osteoartrose do Joelho
Primária

Envelhecimento fisiológico
Secundária

Seq. traumáticas
Fraturas
Lesões ligamentares
Lesões meniscais
Lesões condrais
Seq. infecciosas
Seq. desvios axiais
Unicompartimental

Varo
Valgo
Bicompartimental
Tricompartimental

Ahlback (1968)

(Mod. Keyes e Goodfellow - 1982)
RX

AP monopodal
Perfil a 20°


Sistema de Graduação da osteoartrose fêmuro-tibial pré-operatória, radiologicamente. Compartimento Medial (Ahlback)


Grau Características Radipográfica
1 Estreitamento do espaço articular
2 Obliteração do espaço articular
3 Leve degeneração - atrito ósseo - atrito < 5mm
4 Moderada degeneração - atrito ósseo - atrito 5 a 10mm
5 Grande degeneração - atrito ósseo - severa subluxação

 

I - Redução do espaço articular medial
II - Obliteração do espaço articular medial
III - Atrito (penetração), menor que 5mm
IV - Atrito de 5 a 10mm
V - Subluxação ou translação tibial lateral (falência do LCA)


Classificação da Osteoartrose do Joelho (Dejour)
Estágio I - pré-artrose, abrasão em espelho das superfícies cartilaginosas sem exposição de osso subcondral a nú.

Estágio II - pinçamento total, localizado, com desgaste ósseo limitado de 1 a 2mm

Estágio III - cúpula de 5mm (+ ou - 2mm)

Estágio IV - cúpula de 10mm (+ ou - 2mm)


Tratamento Clínico
AINE

 

Tratamento fisioterápico

Ondas curtas
Ultrasson
Alongamentos
Manutenção força muscular
Natação
Hidroginástica


Tratamento da Carlitagen na Osteoartrose
Perfurações
Abrasões
Lavagens
ETC.

POUCO OU NADA RESOLVEM

 

Tratamento da Lesões Condrais
Formação de tecido fibrocartilaginoso útil, derivado do tecido esponjoso

Regularização das lesões

 

Osteoartrose do Joelho

Lesões degenerativas que provocam a destruição da cartilagem e o DESALINHAMENTO do membro

Os condrócitos articulares humanos adultos não tem capacidade de mitoses

A cura das lesões condrais não existe

 

Cicatrização da Lesões Condrais
" Uma resposta celular reativa, efetiva à destruição da matriz de cartilagem não ocorre em vista da extrema lentidão das mudanças do colágeno na cartilagem, e em vista também da complexidade da organização das fibras."
Meachin G.
Stockwell R. A. - 1989

 

 

Prevenção da Osteoartrose
Reduzir e controlar o peso
Apoio psicológico
Tto. doenças associadas


Tratamento Cirúrgico
Dor incontrolável com medidas conservadoras


SOLUÇÃO PRÁTICA x SOLUÇÃO IDEAL


Tratamento
OA Unicompartimental medial

< 60 anos: OTV
> 60 anos: PTJ
OA Unicompartimental lateral

Jovem - osteotomia (fêmur)
Velho - PTJ
OA Bi ou Tricompartimental

PTJ


Tratamento Cirúrgico da Osteoartrose
Osteotomias

Artroplatias

Unicompartimentais
Totais
Artrodeses

Grande Indicação da Unicompartimental
Osteonecrose Unicondilar


Vantagens da Unicompartimental
Menor agressão cirúrgica


Indicações de Osteotomia
Idade
Alinhamento (existe um limite de desalinhamento)
Estabilidade do joelho


Contra-Indicações de Osteotomia
Subluxação (Ahlback III ou IV)
Osteófito no triângulo posterior


Complicações das Osteotomias
Não conseguir o alinhamento ideal desejado (5° a 14° de valgo)
Pseudoartrose
Lesões nervosas
Tromboembolismos
ETC

 

Osteotomia (Tíbia e Fíbula)

Subtração
Cunha
Plana
Oblíqua
Cúpula
V invertido
Adição (Puddo)

Joelho com osteoartrose

Grau I / II pré-operatório
92% excelentes/bons
follow up

Joelho com osteoartrose

Grau III ou + pré-operatório
10% excelentes/bons
follow up

Resultados deterioram com o tempo
Alinhamento fêmuro-tibial no pós-operatório
Presença de osteoartrose fêmuro-patelar

Artrite hipertrófica


Warning: include(estrutura.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/wwwiotr/public_html/modulos_inc.php on line 87

Warning: include(estrutura.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/wwwiotr/public_html/modulos_inc.php on line 87

Warning: include() [function.include]: Failed opening 'estrutura.php' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/wwwiotr/public_html/modulos_inc.php on line 87

 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Osvandré Lech assume presidência da SBOT
Crescendo e evoluindo com tecnologia de ponta e...
23/08/2010 - II Jornada Gaúcha de Estomaterapia
Moção de Agradecimento
15/06/2010 - IOT oferece momento de integração a ...
ENTRE EM CONTATO
(54) 3045-2000
iot@iotrs.com.br

NEWSLETTER
Para assinar nossa newsletter preencha o campo abaixo.
Ok
© 2014 IOT HOSPITAL DO TRAUMA | www.iotrs.com.br - Todos os Direitos Reservados